Notícias

23/01/2018

SINDIHOSPA alerta para golpe contra familiares de pacientes

Há novos episódios de golpes envolvendo familiares de pacientes de instituições de saúde da Capital e do Estado. O alerta é do Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA), que desde o ano passado trata com prioridade o tema pelo Comitê de Segurança Patrimonial, que reúne representantes de hospitais e clínicas de Porto Alegre com os órgãos de segurança pública.

 

Por telefone, criminosos entram em contato com familiares de pacientes internados e exigem pagamentos de exames ou procedimentos de saúde. Na maioria dos casos, os golpistas se passam por médicos e cobram depósitos imediatos em contas bancárias. 
 
Para evitar novos casos, os hospitais têm tomado medidas para garantir que os pacientes não caiam no golpe. Cartazes, avisos nos sites e esclarecimentos no momento da internação informam os procedimentos internos e ressaltam que as instituições não solicitam depósitos bancários por telefone para pagamentos de despesas de pacientes que se encontram em atendimento ou internados.
 
“Queremos alertar a população para que não seja prejudicada em um momento de fragilidade. Instituições vinculadas ao sindicato estão orientando os familiares e investindo na segurança de seus dados”, informa o presidente do SINDIHOSPA, Henri Siegert Chazan.
 
O Comitê de Segurança Patrimonial orienta os pacientes a registrarem ocorrência policial para que os crimes sejam investigados.