Notícias

26/04/2018

Assembleia geral reúne conselheiros e associados para balanço e projeções

Presidente do SINDIHOSPA, Henri Siegert Chazan, fez uma retrospectiva das ações setoriais de 2017
 
Os demonstrativos financeiros de 2017 e a previsão orçamentária do SINDIHOSPA para este ano foram aprovados por unanimidade em Assembleia Geral realizada na sede do Sindicato nesta quinta-feira (26). Participaram da reunião associados, membros do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal da entidade, além de auditoria externa (KPMG). 

Na abertura do encontro, o presidente do Sindicato, Henri Siegert Chazan, fez uma retrospectiva das principais ações setoriais realizadas no último ano. Citou a validação da jornada 12x36 no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), fruto de um esforço jurídico conjunto entre patronal e representantes trabalhistas. 

Ele destacou ainda o trabalho de interlocução política pela reforma trabalhista e as estratégias que a entidade está adotando para se adequar às restrições financeiras causadas pela mudança na contribuição sindical, agora facultativa. “Os sindicatos terão de redefinir os seus modelos de negócios, com a prestação de serviços cada vez mais relevantes. É um movimento que viemos fazendo há algum tempo, seja na articulação política, assessoria jurídica, nos nossos comitês técnicos e eventos científicos”, observou. 
 
  
Presidente do SINDIHOSPA, Henri Siegert Chazan   João Daniel Berto (dir.) pediu apoio e participação dos associados

Ao analisarem os números, o conselheiro administrativo e financeiro do SINDIHOSPA, João Daniel Berto (Hospital Divina Providência), e o diretor-executivo da entidade, Tibiriçá Rodrigues, também reforçaram os esforços do SINDIHOSPA para se adaptar à nova realidade financeira. “Para não colocarmos as contas em risco precisamos do apoio, do entendimento e da participação de todos vocês”, disse Berto. 

Foram aprovados também reajustes para as contribuições confederativa (5%), assistencial (10%) e associativa (10%). 

Mais de 2 mil pessoas nos eventos de 2017
 
Alessandra Dewes apresentou balanço das atividades

Alessandra Dewes, gerente de Serviços e Melhores Práticas do SINDIHOSPA, apresentou um balanço das atividades institucionais de 2017. A entidade promoveu inúmeras palestras e discussões, aproximou profissionais do setor de autoridades públicas e, por meio de seus 16 comitês, contribuiu para a melhoria de práticas e serviços na área hospitalar e assistencial.

Mais de 2 mil pessoas participaram dos eventos promovidos, como a 2ª Jornada de Farmácia Hospitalar, a 5ª Jornada de Processamento, a 2ª Jornada de Hotelaria e o 2º Encontro Nacional de Gestão Ambiental, além de três edições do Seminário de Gestão – Tendência e Inovações em Saúde, realizadas em parceria com a FEHOSUL.

Dewes destacou ainda as compras compartilhadas – que geraram economia de 35% para instituições participantes na aquisição de materiais, medicamentos e equipamentos. Também mencionou as atividades do Grupo Eko e do Conexão Healthcare, parceria com o Sebrae para melhorar os processos gerenciais e o faturamento de residenciais geriátricos. "Construímos um programa de muita qualidade e agora pretendemos ampliá-lo para outras especialidades", indicou. 

Assessoria jurídica para associados
 

A coordenadora do Comitê Jurídico do SINDIHOSPA, Ana Cristina Cardoso Quevedo, apresentou relatório de processos movidos pela entidade, que presta consultoria e assessoria jurídica aos associados nas áreas de direito societário, tributário, trabalhista e cível. Além da validação da jornada 12x36, ela mencionou os estudos para a unificação da jurisprudência sobre radiações ionizantes e a criação de um grupo de trabalho de compliance, que está finalizando um código de conduta da casa.  

 

    
Coordenadora do Comitê Jurídico, Ana Cristina Cardoso Quevedo   Contas e orçamento foram aprovados por unanimidade