Notícias

07/05/2018

Presidente do SINDIHOSPA participa do lançamento do Plano de Superação da Situação de Rua

O presidente do SINDIHOSPA (Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre), Henri Siegert Chazan, participou nesta quinta-feira (3) do lançamento do Plano Municipal de Superação da Situação de Rua, da Prefeitura de Porto Alegre.

 

A iniciativa integra diversas secretarias municipais, buscando oferecer um atendimento estratégico e multidisciplinar para o acolhimento da população que vive nas ruas da capital gaúcha. O plano foi apresentado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior.

 

Antes do lançamento, o presidente do Sindicato participou de reunião do Comitê Municipal de Mobilização e Articulação para Ações a Moradores de Rua. Diversas entidades públicas e representantes da sociedade, como o SINDIHOSPA, farão parte do grupo, coordenado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

 

"Trata-se de um projeto diferenciado, porque respeita as particularidades daqueles que vivem nas ruas: pessoas desempregadas, em situação de drogadição, com problemas de saúde. A Prefeitura está fazendo um belo trabalho para quebrar esse paradigma”, disse Chazan.

 

O projeto, inspirado em iniciativas internacionais de sucesso, atuará em diversos eixos para atender à população que vive nas ruas. A FASC (Fundação de Assistência Social e Cidadania) e a SMS trabalharão com gestão de caso, buscando o melhor encaminhamento e tratamento para pessoas com problemas graves de saúde, mental, dependência química e vulnerabilidade social. Para tanto, serão implementados novos métodos de abordagem, duas equipes de consultório na rua e integração da residência médica em medicina de família e comunidade.

 

Além disso, a Rede de Saúde Mental contará com cinco novos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas), totalizando 68 leitos, nove unidades de acolhimento, 60 vagas em comunidades terapêuticas (para tratamento de 6 a 12 meses) e dez residenciais terapêuticos com 100 vagas de longo prazo.

 

Na área da habitação, o Programa Moradia Primeiro oferecerá residências subsidiadas, com acompanhamento quinzenal. Serão realizadas ainda parcerias com entidades e empresas para encaminhamento a vagas de trabalho para capacitação profissional.

 

Como parte do Comitê Municipal de Mobilização, o SINDIHOSPA atuará no projeto em articulação com o sistema hospitalar, com o atendimento de saúde. E, a partir do resgate dessa população para o convívio social, buscará viabilizar a criação de oportunidades de trabalho.

 

Com informações da Prefeitura de Porto Alegre