Notícias

03/08/2018

Projeto Imposto Zero na Saúde é apresentado para entidades da área

Na última terça-feira, na sede do SINDIHOSPA, foi apresentado o projeto Imposto Zero na Saúde para representantes de entidades da área. O objetivo da ação é colher assinaturas para pressionar o Congresso com a finalidade de encaminhar uma emenda constitucional que isente de tributos os medicamentos para doenças crônicas comercializados no Brasil. Assim, os preços teriam uma redução de até 36%.

 

A campanha para zerar a taxa de impostos incidentes sobre medicamentos foi idealizada por Patrícia Fischborn, presidente da Associação dos Familiares e Doentes de Alzheimer do Rio Grande do Sul, e por Jorge Luiz Winkler, neurologista e professor da Ulbra. As isenções seriam para medicamentos para pacientes com Alzheimer, Parkinson, câncer, doenças cardíacas, transplantados, esclerose múltipla, fibromialgia, HIV, doença do pombo, autismo, síndrome de Down e ostomia. 
 
 
Estavam presentes Jorge Souza, integrante da diretoria do Simers; Alfredo Floro Cantalice Neto, presidente da Amrigs; Jéssica Finger, representante do Sesc-RS; Fernando Ritter diretor-presidente e Pietro Dalla Valentina, diretor financeiro, da Fundação Municipal de Saúde de Canoas; Rejane Ungaretti, representante da Viavida Pró-doações e Transplantes; Daniela Stein, coordenadora da ABRAz-RS; e Osvaldo Rabelo Pinto, participante das ações da ABRAz. Eles receberam uma cópia do projeto com a intenção de que as instituições auxiliem na coleta de assinaturas.
 
 
Representando o SINDIHOSPA estavam presentes o diretor Tibiriçá Rodrigues e o coordenador do Núcleo de Residenciais Geriátricos, Rogério Guaraldi.
 
 
Participe do projeto, assine a petição online:
 
Para mais informações sobre a campanha, entre em contato pelo e-mail medicamentos.impostozero2018@gmail.com ou pelo telefone (51) 99426-1002.