Notícias

13/09/2018

Profissionais debatem a experiência nutricional do paciente no convívio hospitalar

O Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) realizou a 4ª edição da Jornada de Nutrição Hospitalar, organizada pelo Comitê de Nutrição da entidade, nesta quarta-feira (12), no Hotel Plaza São Rafael.

 

No evento, foi lançado o “Manual de Boas Práticas de Lactários”, um guia inédito voltado a profissionais de instituições de saúde que preparam, higienizam e distribuem alimentos lácteos e fórmulas infantis. A coordenadora do grupo organizador, Janete Haider, fez a abertura da Jornada e agradeceu a equipe do comitê pelos dois anos de pesquisa e trabalho.
 
Coordenadora do Comitê de Nutrição durante palestra
 
No início da programação, a nutricionista e professora da UFCSPA Flavia Moraes falou sobre desnutrição e sarcopenia na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A especialista comentou sobre como minimizar o comprometimento de saúde do paciente. “Se eu sei que todo paciente tem risco de diminuir sua massa corporal com a internação, posso introduzir uma terapia nutricional precoce. Quando entra no hospital com desnutrição, temos um caminho desconhecido para percorrer e personalizado conforme seu estado de saúde. Então, o ideal é sempre prevenirmos esse estado”, detalhou.
 
Elaine Adorne, nutricionista do Hospital São Lucas da PUCRS, falou sobre as práticas em lactário e aproveitou para apresentar ao público o Manual recém lançado. Elaine falou sobre os principais fatores apresentados na publicação como espaço físico, cuidado na produção de fórmulas e identificação das mamadeiras, além de limpeza e gestão da área.
 
Durante o evento, os palestrantes também falaram sobre nutricoaching, orientações nutricionais para cirurgias plásticas e dietas da moda. O último tema, abordado por Paula Zubiaurre, do Hospital São Lucas, englobou as evidências científicas de dietas como low carb, cetogênica, Atkins, jejum intermitente, mediterrânea e South Beach, muito comentadas pela mídia.
 
As orientações nutricionais para cirurgias plásticas foi um dos temas abordados no evento
 
Experiência do paciente
 
A gastronomia hospitalar foi tratada pela coordenadora do Comitê de Nutrição do SINDIHOSPA, Janete Haider. A profissional falou sobre a experiência do paciente e a importância de ouvir as reclamações e sugestões para aprimorar o serviço prestado, além de apoiar no seu bem-estar do paciente durante o período de internação.
 
“Devemos ter uma decisão compartilhada nesse quesito. Nem todos têm o mesmo costume em suas refeições. É importante escutar o pedido do paciente, o que não significa atender, mas sim tentar identificar o desejo e oferecer algo que seja bom e igualmente agradável ao seu gosto”, comentou Janete.
 
A experiência do paciente foi amplamente discutida nas palestras de diversos assuntos
 
Thais Lima, da Braspen (Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral), de São Paulo, descreveu como inserir acolhimento e engajamento ao serviço prestado. “É importante que você conheça as necessidades reais do seu paciente. Temos a ideia de que eles querem uma estrutura diferente ou algo que não podemos fornecer, mas geralmente é uma comida simples, um tempero diferente, e que conseguimos promover de alguma forma”.
 
Thais também comenta por que a comunicação é tão importante para o paciente. “No ambiente hospitalar, muitas vezes o paciente está envolto em sentimentos negativos. Hoje, falamos muito do acolhimento do profissional de saúde, que ele tenha um olhar humanizado para que se tenha uma melhor recuperação”.